Ecografia

Fotos de Ecografia (ultrassonografia)

O que é ecografia?

A ecografia ou ultrassonografia é um exame que utiliza ultrassons para avaliar as estruturas anatómicas do nosso organismo. O termo ecografia é, muitas vezes, abreviado para ECO na linguagem médica corrente.

Este exame serve para auxiliar o médico no diagnóstico de várias doenças, assim como para avaliar a resposta ao tratamento. Nesta técnica é utilizado um aparelho, denominado ecógrafo que produz os ultrassons. Para avaliar diferentes áreas do nosso organismo são utilizados diferentes sondas, que emitem ultrassons com diferentes frequências, dependendo da profundidade do órgão que se pretende avaliar.

Exames de ecografia

A ecografia pode ser realizada no diagnóstico e avaliação de tratamentos em diversas patologias. Enumerámos, de seguida, as principais patologias e diferentes órgãos e sistemas do corpo humano em que a ecografia é realizada de uma forma mais frequente.

Ecografia abdominal

A ecografia abdominal ou eco abdominal está indicada, sobretudo, na avaliação do fígado, vesícula e vias biliares. As queixas mais frequentemente associadas são a dor abdominal e o enfartamento. Para além destes órgãos, permite também avaliar o baço, pâncreas e se existe líquido intra-abdominal.

Saiba, aqui, tudo sobre ecografia abdominal.

Ecografia tiróidea

A ecografia tiróideia está indicada na avaliação da glândula tiróide, sobretudo quando há alterações das hormonas tiroideias (análises) e para a pesquisa de nódulos tiroideus.

Saiba, aqui, tudo sobre ecografia tiróideia (da tiróide).

Ecografia renal

A ecografia renal ou eco renal está indicada nos casos de patologia nos rins, como a litíase renal (pedra nos rins) ou para avaliação de outras patologias renais.

Saiba, aqui, tudo sobre ecografia renal (dos rins).

Ecografia vesical

A ecografia vesical permite-nos avaliar a bexiga. Algumas indicações para a realização da eco vesical são: tumores benignos ou malignos da bexiga (cancro), cálculos urinários, divertículos; infeções urinárias de repetição, entre muitas outras patologias.

O exame é, por norma, efetuado com a bexiga cheia para possibilitar uma melhor acuidade diagnóstica.

Saiba, aqui, tudo sobre ecografia vesical (da bexiga).

Ecografia torácica

A ecografia torácica esta indicada sobretudo para a avaliação da presença de derrame pleural (líquido nos pulmões).

Ecografia da pelve

A ecografia da pelve ou ultrassonografia pélvica está indicada na avaliação dos órgãos pélvicos, como o útero e ovários no caso das mulheres, e a próstata no caso dos homens. Para a sua correta execução é necessário que a bexiga se encontre cheia.

Saiba, aqui, tudo sobre ecografia pélvica (da pelve).

Ecografia do ombro

A ecografia do ombro é uma ecografia articular (avaliação das articulações) e está indicada nos casos de dor no ombro, permitindo avaliar os músculos e tendões desta região.

Saiba, aqui, tudo sobre ecografia do ombro.

Ecografia prostática

A ecografia prostática (da próstata) é um exame realizado por via transretal, sendo necessária a introdução da sonda no ânus. Está indicada, principalmente, para a avaliação do tamanho da próstata e pesquisa de nódulos prostáticos.

Saiba, aqui, tudo sobre ecografia prostática (da próstata).

Ecografia mamária 

Ecografia das partes moles 

A ecografia das partes moles está indicada para a avaliação das estruturas superficiais, como a pele e a gordura subcutânea. Pode ser dirigida a qualquer área da superfície corporal.

Ecografia em Ginecologia / Obstetrícia

A ecografia transvaginal ou ultrassonografia transvaginal é realizada com a introdução de uma sonda própria na vagina e permite a avaliação mais detalhada do útero e ovários. Nos casos de gravidez na fase inicial é também o exame mais indicado.

No entanto, para uma melhor visualização da cara fetal é aconselhada que seja realizada entre as 26 e as 28 semanas de gestação. Por se tratar de um tipo de ecografia mais específico é executada, habitualmente, pelos médicos especialistas em Ginecologia / Obstetrícia.

Saiba, aqui, tudo sobre ecografia obstétrica.

Ecografia cardíaca 

A ecografia cardíaca ou ecocardiograma é indicado para a avaliação do coração e dos grandes vasos. Por ser um tipo de ecografia específico é executada, normalmente, pelos médicos especialistas em cardiologia (doenças do coração).

Ecografia - outros

O exame de ecografia pode ser realizado também noutros órgãos ou áreas para além dos já anteriormente mencionados. Pode ser realizada, por exemplo, para a avaliação cervical, glândulas salivares ou testículos (escrotal), entre outros.

Aplicações especiais da ecografia

A ecografia pode ser utilizada para guiar procedimentos como punções e biópsias, e também para administrar medicamentos (infiltrações musculares ou articulares).

Pode também ser utilizada para o tratamento (terapia com ultrassons).

Em alguns centros é possível também realizar ecografia com contraste, para uma melhor caracterização de determinadas lesões, como alguns nódulos hepáticos.

A técnica de Eco-Doppler ou ultrassonografia com Doppler, está indicada para a avaliação dos vasos (artérias e veias). O exame de eco-Doppler avalia se o vaso está permeável ou se há outras anomalias como a insuficiência venosa (varizes).

Saiba, aqui, tudo sobre eco-Doppler.

Como é feita a ecografia?

A ecografia é um exame simples e seguro. É efetuada a colocação de sonda imediatamente sobre a área do órgão ou estrutura que se pretende avaliar. Podem ser usadas diferentes tipos de sonda dependendo da localização do órgão em estudo. Para produzir as imagens de forma correta é necessária a colocação de um gel incolor entre a pele e a sonda.

Durante o exame o médico radiologista observa as imagens e interpreta-as. São efectuadas recolhas das imagens mais importantes e no final o médico radiologista produz um relatório.

Após a validação do relatório final os resultados do exame são conhecidos e disponibilizados (imagens e relatório) em formato digital e/ou papel.

O estudo ecográfico será considerado normal se as estruturas estudadas não apresentarem alterações relevantes ou suspeitas.

Quem pode realizar o exame?

A ecografia pode, por norma, ser realizada por qualquer pessoa de uma forma rápida e cómoda.

O exame não implica qualquer tipo de dor durante a sua execução, pois a ecografia é um exame não invasivo.

O exame tanto pode ser executado em adultos como em crianças de qualquer idade. A ecografia não utiliza radiações, sendo um exame inócuo, e por isso seguro, para a realização em idade pediátrica. Está indicado para a avaliação dos mesmos órgãos que nos adultos, e não precisa de proteção específica.

A gravidez não é uma contra-indicação para a realização de ecografia ao contrário de outros exames que utilizam radiação ionizante, aos quais a mulher grávida não deverá ser submetida, como por exemplo a tomografia computorizada (TC ou TAC).

clinica_imagiologia.png

Quanto tempo demora o exame?

A duração do exame varia mediante o tipo de órgão em estudo. A duração média é de 5 minutos.

Os exames mais demorados são os que necessitam uma avaliação mais detalhada dos órgãos ou estruturas anatómicas, como é o caso da Ecografia Doppler, em que é necessária a avaliação de vários segmentos vasculares.

Preparação para o exame

Apenas é necessária a preparação para a avaliação de alguns órgãos como a ecografia abdominal, em que é necessário o jejum ou a ecografia pélvica ou ecografia vesical (bexiga), que tem de ser realizado com a bexiga cheia. Na maior parte dos outros exames não é necessária qualquer preparação.

É necessário jejum?

Apenas é necessário o jejum no caso da ecografia abdominal, para os restantes exames nao é necessário jejum. O paciente não deve comer pelo menos 6 horas antes do exame. Pode beber água, mas não deve beber café ou fumar.

O paciente pode tomar a medicação habitual.

Limitações da ecografia

A ecografia não pode avaliar o osso, órgãos com gás no seu interior (como estômago e intestino) ou que se encontram em localização muito interna. Para a avaliação destas estruturas pode ser necessária a avaliação por radiografia (raio-X), Tomografia Computorizada (TC ou TAC) ou Ressonância Magnética (RM).

Saiba, aqui, o que é Tomografia Computorizada (TC ou TAC).

Saiba, aqui, o que é Ressonância Magnética (RM).

Quanto custa uma ecografia?

O preço de uma da ecografia pode variar em função do órgão ou dos órgãos em estudo.

No caso do exame ser realizado a título particular, o valor é estabelecido pela clínica de imagiologia que o realiza . Como “ordem de grandeza” podemos afirmar que o preço situa-se por norma, entre os 20 e os 100 euros (por exame). No entanto, estes valores podem diferir bastante conforme o tipo de exame realizado e os órgãos em estudo.

Para os doentes do Serviço Nacional de Saúde (SNS) os exames são comparticipados pelo estado, cabendo ao utente apenas um pagamento de uma taxa moderadora. No entanto, este pagamento apenas terá lugar caso o utente não esteja isento do seu pagamento. Para os utentes isentos o exame é gratuito. O valor da taxa moderadora a pagar pelo utente é fixado em portaria. Habitualmente, no caso da ecografia o valor situa-se entre algumas dezenas de euros.

Para os utentes beneficiários de outros subsistemas, como a ADSE, seguros de saúde, etc. o utente terá de suportar os valores de acordo com as regras definidas pelo subsistema ou do seguro de saúde associado.

Selecione o concelho da sua residência e veja onde fazer o exame e informações adicionais sobre o preço dos exames em Portugal.

clinica_imagiologia.png