Ecografia da próstata

Fotos de ecografia tiroideia ou ecografia da tiróide

O que é ecografia prostática?

A ecografia prostática é um exame que utiliza os ultrassons e permite, sobretudo, avaliar a próstata (glândula prostática). A ecografia da próstata é um exame muito importante para diagnosticar diversas patologias da próstata, como veremos adiante com maior detalhe.

A ecografia ou ultrassonografia é um método de diagnóstico que utiliza os ultrassons. O ecógrafo é o equipamento (ou aparelho) que permite a sua execução. A imagem é obtida através de uma sonda e transmitida para um ecrã para que o médico a possa observar. Na linguagem médica corrente, o termo ecografia é usualmente abreviado para ECO, no caso da próstata, o exame é abreviado para ECO prostática ou ECO da próstata.

Saiba, aqui, o que é ecografia.

Na ecografia prostática é possível calcular as dimensões e volume da próstata, assim como avaliar a sua ecoestrutura e os seus contornos. O tamanho normal da próstata depende da idade do doente. A partir dos 50 anos, a próstata tende a aumentar de volume. Considera-se que uma próstata é grande quando o seu volume ultrapassa os cerca de 20-25 cm3 (centímetros cúbicos), o que corresponde a um peso normal da próstata de cerca de 20-25g (gramas).

Via transrectal, suprapúbica

Existem duas abordagens distintas na ecografia prostática, a saber:

A ecografia da próstata por via suprapúbica permite estimar o volume da próstata e avaliar os seus contornos, mas não permite avaliar a presença de nódulos prostáticos com a mesma acuidade que a via transretal. Contudo, é um exame mais cómodo para o doente.

Como é feito o exame?

A ecografia ou ultrassonografia é considerado um método de diagnóstico simples e seguro. O exame é iniciado com a colocação da sonda no órgão ou estrutura que se pretende estudar. Como vimos anteriormente, existem duas formas de abordagem, a “externa” (supra púbica) e a “interna”, em que a sonda é introduzida pelo ânus. No caso da ecografia por via suprapúbica o médico faz a colocação de um gel incolor entre a superfície anatómica e a sonda.

Após a colocação da sonda, as imagens são geradas e visualizadas pelo médico radiologista no monitor do ecógrafo. O médico observa as imagens e interpreta-as. Posteriormente, o médico redige o relatório e seleciona as imagens mais relevantes. Apenas após a validação do relatório final, é que os resultados do exame são conhecidos e disponibilizados ao médico requisitante e utente (imagens e relatório) em formato digital e/ou papel.

O exame é considerado normal sempre que os órgãos estudados não apresentarem alterações valorizáveis ou que originem dúvidas ao médico radiologista. No caso de se visualizarem alterações ou existirem dúvidas, o médico radiologista pode entender realizar exames adicionais.

Indicações da ECO prostática

A ecografia prostática serve para auxiliar o médico no diagnóstico de várias doenças da próstata. A ECO prostática está indicada nos homens com alteração do valor de PSA (Prostate Specific Antigen); sobretudo quando há suspeita de tumores, como o cancro da próstata.

É também útil na avaliação de patologias benignas, como na hiperplasia benigna da próstata (HBP), presença de sequelas de prostatite (traduzidas pela presença de calcificações).

Saiba, aqui, o que é prostatite.

Outras alterações que podem ser detetadas neste exame são os quistos (ou cistos) ou dilatações das vesículas seminais.

Para além das patologias atrás mencionadas, o médico poderá solicitar a realização do exame sempre que suspeite de alterações ou na avaliação à resposta aos tratamentos instituídos.

Biópsia da próstata

A biópsia prostática (da próstata) está indicada quando há suspeita de lesões malignas, pela presença de nódulos suspeitos, ou quando há alterações significativas do valor de PSA, não explicáveis por outras patologias benignas, como HBP ou prostatite.

A biópsia permite recolher algumas células da próstata, através da introdução de uma pequena agulha. As células recolhidas são posteriormente enviadas para um laboratório de anatomia patológica para serem analisadas.

Para realizar este procedimento, pode ser necessário suspender alguns medicamentos (anticoagulantes e antiagregantes) previamente.

Quem pode realizar o exame?

Habitualmente, a ecografia prostática por via supra-púbica pode ser realizado em qualquer idade (bebés, crianças e adultos). Em caso de necessidade, a ecografia prostática infantil não necessita de proteção específica, pois a ultrassonografia não usa radiação.

A ecografia não é um exame invasivo e não provoca dor durante a sua realização. Contudo, a avaliação por via transretal pode causar algum desconforto e apenas está indicada nos homens adultos.

clinica_imagiologia.png

Quanto tempo demora o exame?

A duração do exame é de sensivelmente 5 minutos (tempo médio). Os exames que apresentam uma maior demora são os que carecem de uma avaliação mais pormenorizada dos órgãos ou estruturas anatómicas, por isso a abordagem por via transretal (interna) geralmente demora mais tempo que a avaliação supra-púbica.

Preparação para o exame

Para a realização da ecografia prostática por via supra púbica é necessário ter a bexiga cheia (beber bastante água até ter vontade de urinar).

Para os exames por via transretal é necessário fazer uma limpeza retal (micro clister) prévia ao exame.

É necessário jejum?

Para realizar a ecografia prostática não é necessário qualquer tipo de jejum, ou seja, o doente pode comer e beber antes do exame.

O doente deve tomar a medicação habitual (exceto em caso de necessidade de realização de biópsia – ver acima).

Limitações da ecografia prostática

A ecografia não permite avaliar corretamente a extensão local da doença neoplásica da próstata. Após o diagnóstico ou na presença de pequenos tumores, pode ser necessário realizar Ressonância Magnética (RM) da próstata (multiparamétrica) para complementar o estudo.

Saiba, aqui, tudo sobre RM da próstata.

Quanto custa uma ecografia prostática?

O preço de uma da ecografia prostática se realizada a título particular pode oscilar de acordo com a clínica de imagiologia onde é realizada e o subsistema de saúde associado ao utente.

Para os utentes do Serviço Nacional de Saúde (SNS) o exame é comparticipado pelo estado. O utente apenas tem de pagar a taxa moderadora, no caso de não existir isenção. O valor da taxa a pagar pelo utente é fixado em portaria.

No caso dos doentes beneficiários de outros subsistemas de saúde, como a ADSE, seguros de saúde, etc. o utente terá de pagar os valores da comparticipação determinada pelo subsistema ou do seguro de saúde.
Selecione o seu concelho em Portugal, solicite mais informação sobre o preço dos exames e contactos de clínica de imagiologia onde poderá fazer a ecografia prostática.

clinica_imagiologia.png