Gonartrose

Artrose no Joelho

O que é artrose no joelho?

A artrose no joelho é das patologias que mais frequentemente afecta esta articulação. Resulta de um processo degenerativo por desgaste na cartilagem do joelho que ocorre naturalmente com o aumentar da idade, ou secundariamente devido a excesso de peso, desvio no eixo do joelho ou traumatismo com fratura ou lesão de ligamentos cruzados.

A artrose de joelho é, para além de um problema no joelho, um problema de saúde e bem estar geral, devido à grande repercussão na falta de mobilidade e funcionalidade que o doente padece.

Os termos osteoartrose do joelho ou gonartrose  são ambos sinónimos e referem-se ao desgaste da cartilagem do joelho. Contudo, de uma forma geral, o termo mais utilizado é simplesmente artrose.

A gonartrose pode afetar apenas um, ou então, ambos os joelhos (gonartrose bilateral).

Artrose no joelho - causas

Quanto à sua causa ou etiologia, a gonartrose pode ser classificada como primária ou secundária.

Se a causa não é conhecida, denominamos como artrose essencial ou primária. Esta é aquela que resulta habitualmente de um processo degenerativo associado com a idade.

Se existe uma causa conhecida que não apenas o provocado pelo envelhecimento então denomina-se como artrose secundária. Incluem-se nestas causas, como já referido acima, o excesso de peso, desvios no alinhamento do membro, sequelas de fraturas ou lesões menisco-ligamentares, necrose dos côndilos femurais, patologias reumatismais ou infeciosas, entre outras…

Artrose no joelho - diagnóstico

O diagnóstico da artrose é feito pelo exame clínico e pela imagiologia.

A colheita de uma história clínica cuidadosa, com a pesquisa dos sinais e sintomas da doença ajuda habitualmente a orientar o diagnóstico. Este é confirmado pela realização e análise de radiografias dos joelhos em carga (RX face e perfil) assim como incidências axiais para a rótula.

O TAC e a RM do joelho, para além de uma adequada avaliação do desgaste da cartilagem, permitem também o estudo de outras lesões associadas, nomeadamente lesões meniscoligamentares.

medico_ortopedia.png

Artrose no joelho - sintomas

A artrose no joelho origina os seguintes sintomas:

  • Dor no joelho de carácter mecânico, isto é, que surge com o movimento e alivia com o repouso, localizando-se no compartimento mais afetado;
  • Rigidez ao iniciar os movimentos;
  • Derrame articular ou “inchaço do joelho”;
  • Deformidade progressiva do joelho, em varu ou valgo, consoante vai agravando a artrose do mesmo;
  • Claudicação do membro, por defesa à dor, o doente tem dificuldade em fazer apoio sobre o joelho artrósico, obrigando-o a “mancar” e usar apoios externos de marcha, como canadianas e andarilhos.

Artrose no joelho tem cura?

Sim, a artrose no joelho tem cura com tratamentos adequados. Saiba de seguida, como tratar a artrose no joelho.

Artrose no joelho - tratamento

O tratamento para artrose no joelho passa pela aplicação de uma série de medidas que o seu médico especialista de joelho deverá selecionar para aplicar ao seu caso em particular.

Estas passam por medidas gerais que tendem , não só a tratar, como também a abrandar o desgaste no joelho; ou por medidas médicas para controlar os sintomas; ou mesmo o recurso a soluções cirúrgicas que nos últimos anos sofreram um grande desenvolvimento, conferindo-lhes uma alta taxa de sucesso e, consequentemente, uma maior confiança quer do médico ortopedista quer do próprio doente .

Uma primeira abordagem do doente com artroses nos joelhos passará sempre por controlar os fatores que estão na sua génese. O perder peso tem uma importância primordial visto que, por cada quilo que o doente conseguir reduzir ao seu peso, equivale a uma força quase quatro vezes superior que se retira a cada joelho.

Exercício físico e artroses dos joelhos

O exercício físico em geral, como fazer caminhadas ou passear de bicicleta, pode dar uma ajuda no processo de emagrecimento e controle da doença, pois ajudam a fortalecer os músculos, aumentam a massa óssea e reduzem a dor.

No entanto, além disso, existem exercícios específicos indicados para a artrose no joelho, que ajudam a manter a funcionalidade articular. Baseiam-se no reforço do quadricipete e musculatura da face posterior da coxa, realizados 2 a 3 vezes por semana e com uma intensidade adaptada à gravidade da artrose. Em fase aguda este reforço poderá ser feito através de exercícios isométricos, muitas vezes utilizados nas aulas de Pilates.

Todos os exercícios que envolvam muito impacto no solo ou contacto violento, serão de evitar pois poderão agravar a doença ou antecipar a necessidade de cirurgia.

Saiba, aqui, tudo sobre exercício físico na artrose do joelho.

Fisioterapia na artrose do joelho

Medicamentos para artrose no joelho

Para a redução da sintomatologia dolorosa, o tratamento para artrose do joelho, passa muitas vezes, pela prescrição de medicamentos analgésicos e anti-inflamatórios. A associação de sulfatos de condrointina e glucosamina com algumas substâncias usadas em fitoterapia, tratamento natural, parece ter um efeito superior ao dos placebos no controle da dor no joelho por gonartrose.

Ácido hialurônico na artrose do joelho

A injeção intra-articular de ácido hialurónico no joelho com artrose, em fases não muito avançadas da doença, tem resultados comprovados pela literatura, habitualmente por períodos limitados de tempo, embora seja sempre possível a repetição do tratamento após alguns meses ou anos depois do primeiro.

Tratamento com células estaminais

O tratamento da gonartrose com células estaminais (“stem cells”) parece estar na primeira linha dos tratamentos do futuro.

Tratamento cirúrgico

A cirurgia para tratar a artrose do joelho, consiste na realização de artroscopias de limpeza e regularização das lesões, osteotomias de correção do alinhamento do membro para descarga do compartimento artrósico e, é claro, as artroplastias, através da aplicação de prótese de joelho, de uso generalizado e com óptimos resultados, mas ainda consideradas como a solução final.

Saiba, aqui, tudo sobre cirurgia de prótese de joelho.

medico_ortopedia.png