Lente de contato para os dentes

lente de contato dental, fotos, imagens nos dentes

O que é uma lente de contato dental?

Uma lente de contato dental ou dentária é um fino recobrimento de porcelana ou de resina e que funciona como uma cobertura para os dentes, permitindo desta forma “esconder” ou corrigir pequenos defeitos dentários.

Uma lente de contato odontológica ou dentária é um preparado para os dentes, que apresenta uma espessura de cerca de 0.2 a 0.4 mm e, por isso, também designado de lentes ultra finas ou de folheado dental. Este folheado é aderido ou cimentado de forma permanente à superfície frontal dos dentes.

As lentes de contato dentárias têm portanto uma indicação que se insere na odontologia estética, pois são consideradas para corrigir pequenas alterações de cor (dentes amarelos, manchas, descolorações ou escurecimento do esmalte), e modificação da forma dos dentes, desde que não sejam também muito acentuadas. Podem ser também indicados para fecho de diastemas pouco acentuados.

Estas lentes de contato dental ultra finas, devido à sua transparência, podem contudo não serem completamente adequadas para corrigir dentes muito escuros ou muito amarelos, como muitas vezes se apresentam os dentes que são submetidos a tratamento de canal (dente desvitalizado). Nestes casos a colocação de facetas dentárias poderá ter uma indicação muito mais adequada do que as lentes dentais. Veja mais informação em alternativas às lentes de contato dentárias.

clinica-dentaria.png

Lentes de porcelana

As lentes de porcelana ou cerâmica para os dentes, são as mais indicadas quando se pretende uma duração e resistência acrescidas.

Efetivamente, as lentes de contato de porcelana apesentam uma durabilidade maior que as elaboradas em resina, por ser o material mais resistente a desgaste e fraturas, podendo permanecer em média entre 5 a 10 anos aderido à superfície dos dentes. No entanto, o tempo que dura uma lente de contato dentária de porcelana depende da forma de oclusão do paciente, bem como do cuidado que este possua com a alimentação. Deverá, sobretudo, evitar trincar alimentos muito duros, e ainda evitar certos hábitos parafuncionais, tais como roer as unhas ou apertar demasiado os dentes (bruxismo), por exemplo, sendo portanto contraindicadas nestes pacientes.

Para além disso, as suas excelentes propriedades óticas conferem-lhe um aspeto muito mais estético e aproximado aos dentes naturais.

Lentes de resina

As lentes de resina são também consideradas essencialmente pelo seu menor custo quando comparadas às lentes de cerâmica ou porcelana, mas apresentam mais limitações, quer ao nível estético, quer ao nível da durabilidade que é menor quando comparada com as lentes de porcelana, devido à sua menor resistência à fratura e desgaste.

Estes tipos de lentes de contato possuem indicações nos casos onde a exigência estética é menor ou se pretende uma solução menos dispendiosa.

A durabilidade das lentes de resina tende a ser inferior às de porcelana ou cerâmica, mas ainda assim, existindo cuidados por parte do paciente, podem também durar vários anos.

Mostramos-lhe, de seguida, passo a passo, como são aplicadas as lentes de contato dentárias de porcelana ou de resina.

Como são aplicadas as lentes de contato?

À imagem das facetas, as lentes de contato odontológicas não implicam dor durante os procedimentos de preparo, e apresentam ainda mais vantagens relativamente ao desgaste dentário a efetuar, podendo mesmo até não ser de todo necessário proceder a qualquer desgaste.

Após esse eventual desgaste, que é feito normalmente sem anestesia, é efetuada uma moldagem aos dentes em questão (um ou vários), sendo enviado o respetivo molde para um laboratório de prótese a fim de ser confecionada em material cerâmico (porcelana) ou acrílico (resina).

Após a sua confeção, o que demora normalmente entre uma a duas semanas em laboratório, é por fim colada ou cimentada à superfície frontal do dente.

A cimentação de lentes de contato é efetuada mediante a aplicação de um adesivo próprio para o efeito, sendo um procedimento relativamente simples e rápido.

Veja fotos superiores, com o antes e depois da colocação de uma lente de contato dental.

clinica-dentaria.png

Alternativas às lentes de contato dentais

Nem sempre as lentes de contato dentais são a melhor opção para correção da estética dentária, fundamentalmente nos casos onde se pretende corrigir a posição dos dentes. Em casos onde se pretende uma maior alteração no posicionamento dos dentes, então a ortodontia poderá ser a opção a eleger.

A ortodontia é a especialidade na medicina dentária que se dedica ao estudo, prevenção e tratamento das alterações no posicionamento dos dentes para além do crescimento e o desenvolvimento dos maxilares. Dentes apinhados ou “encavalados”, dentes tortos ou mal posicionados são alguns exemplos passíveis de correção. O tratamento ortodôntico passa pela colocação de um aparelho ortodôntico ou aparelho dentário que é utilizado para corrigir ou alinhar a posição dos dentes.

Saiba, aqui, o que é um aparelho dentário.

Noutros casos, poderão existir vantagens em recorrermos à prótese fixa mais invasiva, nomeadamente na colocação de coroas fixas como alternativa aos tratamentos ortodônticos.

Saiba, aqui, o que é uma prótese fixa.

Por último, existem as facetas dentárias, que pouco diferem das lentes de contato, a não ser na espessura que é maior, e permitem corrigir defeitos estéticos mais acentuados. As facetas dentárias apresentam vantagens relativamente à resistência e ocultação da cor. Acresce que permitem que sejam aplicadas mediante técnica direta (facetas diretas), isto é, que seja efetuada no consultório pelo próprio médico dentista, em resina fotopolimerizável (compósito).

Contudo, as facetas possuem a desvantagem de implicarem um desgaste acrescido da superfície dos dentes de forma a compensar essa maior espessura (cerca de 0.7 mm ou mais).

A desvantagem das lentes de contato quando comparadas com as facetas, prende-se essencialmente com o facto de não serem tão eficazes ao “esconder” as tonalidades indesejadas da superfície dos dentes, e não permitirem correções muito acentuadas de forma e posição devido à sua menor resistência.

Quanto ao material, existem também facetas de porcelana e facetas de resina cuja técnica de execução é muito semelhante à utilizada para a confeção das lentes dentárias.

Também não são de todo passíveis de reparação, ou seja, caso fraturem ou se desgastem, terão de ser substituídas por novas, e nunca deverão ser consideradas em dentes muito enfraquecidos ou não saudáveis (dentes cariados, por exemplo).

Saiba, aqui, tudo sobre as facetas de porcelana e resina.

Quanto custa uma lente de contato dental?

O preço para colocar uma lente de contato dental ou dentária varia conforme a severidade do efeito a corrigir e do material considerado para o efeito.

O preço médio em Portugal pode variar entre 400 e 550 euros no caso de serem confecionadas em cerâmica, e de 200 a 300 euros caso sejam confecionadas em acrílico (valores por dente). Estes valores são semelhantes ao preço das facetas dentárias.

Note, contudo, que estes preços apenas são indicativos. Para que seja possível determinar com exatidão o custo de uma lente de contato dentária, deverá consultar o seu médico dentista. Este, após avaliação poderá aconselhá-lo sobre qual o procedimento e material mais adequado para o seu caso e, de seguida, determinar o valor respetivo.

clinica-dentaria.png