RM do coração

Ressonância Magnética (RM)

O que é RM do coração?

A ressonância magnética (RM) do coração ou cardíaca é um exame de diagnóstico por imagem que serve para auxiliar o Médico Cardiologista (especialista em doenças do coração) no diagnóstico e avaliação da resposta aos tratamentos em diversas patologias. Veja quais em indicações da RM cardíaca.

A ressonância magnética (RM) ou ressonância magnética nuclear (RMN) funciona através da geração de um campo magnético intenso e ondas de rádio de modo a obter imagens do coração. Esta tecnologia é usada de forma análoga em muitos outros órgãos e sistemas do corpo humano.

Os aparelhos de RM fechada ou de campo fechado (semelhantes a túneis fechados) produzem campos magnéticos mais intensos, mas podem gerar algum desconforto em alguns tipos de doentes, comos os que padecem de claustrofobia. Para estes casos, a alternativa são equipamentos de campo aberto que geram campos magnéticos menos intensos com imagens de menor detalhe e resolução, mas mesmo assim, com boa acuidade no diagnóstico.

RM do coração com contraste

A ressonância magnética cardíaca com contraste permite-nos estudar o comportamento vascular (dos vasos sanguíneos do coração), complementando a avaliação inicial sem contraste. Os vasos sanguíneos (artérias e veias) permitem levar e trazer de volta o sangue desde o coração até todos os órgãos do corpo humano.

O gadolínio é um produto de contraste que é administrado por via endovenosa e que nos permite realçar a intensidade de sinal das estruturas com fluxo sanguíneo aumentado (inflamações, tumores, etc.).

Indicações da RM cardíaca

A RM cardíaca permite-nos fazer uma avaliação morfológica, estrutural e funcional do coração. Esta avaliação é muito importante na presença de determinados sinais e sintomas relacionados com as patologias cardíacas.

A ressonância magnética do coração é particularmente útil em algumas patologias (doenças), como por exemplo nas doenças congénitas do coração, nas doenças do pericárdio, na displasia ventricular, na doença das válvulas do coração, na doença cardíaca isquémica, entre outras.

Para além da RM do coração, o Médico Assistente pode recorrer a outros exames de diagnóstico como complemento da avaliação, como por exemplo a ecografia, a tomografia computorizada (TC) do coração, o eletrocardiograma (ECG), a prova de esforço, o Holter, etc.

clinica_imagiologia.png

Quem realiza a RM cardíaca?

O Técnico de Radiologia é o responsável por executar o exame (capturar e arquivar as imagens do coração). Um Médico Radiologista irá observar as imagens atentamente e produzir um relatório escrito em que relata o observado.

O exame será considerado normal se as imagens não revelarem alterações significativas. Caso contrário, o Médico Radiologista relatará os achados encontrados que deverão posteriormente ser relacionados com a história clínica do doente e os restantes meios complementares de diagnóstico e terapêutica (MCDT) realizados.

Como é feita a RM cardíaca?

O utente é convidado a trocar a sua roupa por uma bata quando chega ao centro de imagem. Os objetos metálicos que possa trazer consigo como o relógio, pulseiras, brincos, etc. devem ser retirados antes do exame. De seguida, o técnico de radiologia posiciona o doente na mesa que conduzirá o doente até ao interior do equipamento de RM, iniciando-se o exame.

O equipamento de RM permite ao técnico fazer a aquisição das diferentes imagens do coração que serão arquivadas (guardadas), por norma, em suportes digitais (PACS). Posteriormente, o Médico Radiologista acede a essas imagens arquivadas, visualizando-as em monitores de alta definição e relata o exame. No caso particular da RM Cardíaca, o Médico Radiologista acompanha a realização do exame.

A presença de realce tardio é um sinal valioso, mas pouco específico, que auxilia no diagnóstico de uma variedade de doenças, incluindo viabilidade miocárdica, cardiomiopatia, miocardite e outros processos miocárdicos infiltrativos.

O stress farmacológico na ressonância magnética cardíaca é um teste de diagnóstico usado para verificar a perfusão cardíaca (fluxo sanguíneo para o coração). Este teste pode ajudar a determinar se o coração está recebendo sangue suficiente enquanto o doente está ativo (exercício) comparando-a quando está em repouso. Durante o teste, receberá uma pequena quantidade de um medicamento, por exemplo adenosina. Este medicamento faz com que as artérias coronárias dilatem (se abram) de maneira semelhante ao que acontece no exercício.

Os resultados do exame (imagens e relatório) apenas são conhecidos após o Médico Radiologista validar o relatório final. O exame é disponibilizado ao Médico requisitante em formato digital e / ou outros suportes.

O que sente o doente durante o exame?

A RM cardíaca é um exame não invasivo e que não provoca qualquer dor durante a realização do exame. Os equipamentos de campo fechado poderão causar algum desconforto pelo facto de permanecer imóvel durante algum tempo no seu interior, particularmente em doentes com claustrofobia.

A ressonância magnética cardíaca poderá ser realizada com sedação em casos especiais, como por exemplo em crianças ou em doentes não colaborantes.

Quanto tempo demora o exame?

Como vimos, uma RM do coração é executada por um técnico que procede à aquisição das imagens e posteriormente relatada pelo Médico. O exame demora cerca de 60 minutos a ser realizado pelo técnico. Posteriormente, o tempo que o Médico Radiologista demora a relatar o exame depende de vários fatores, nomeadamente, urgência do exame, disponibilidade, etc.).

Preparação para a RM cardíaca

Não é preciso realizar qualquer tipo de preparação prévia ao exame, exceto os cuidados com o jejum que a seguir descrevemos.

Se não houver necessidade de administrar contraste (RM cardíaca sem contraste) não é necessário realizar jejum. O doente pode comer e beber da forma habitual.

No entanto, se precisarmos de administrar contraste, o doente terá que cumprir 5 horas de jejum (não comer nas cinco horas anteriores ao exame).

O doente deve tomar os medicamentos (ou remédios) prescritos. A sua suspensão apenas deve ocorrer por indicação do seu Médico.

Quanto custa uma RM cardíaca?

Os doentes abrangidos pelo Sistema Nacional de Saúde (SNS) apenas têm acesso à RM cardíaca em hospitais. O exame não pode ser suportado pelo SNS na rede convencionada. No SNS os utentes apenas necessitam de suportar a taxa moderadora do exame, pois o exame é custeado pelo estado. De igual modo, os doentes da ADSE, apenas necessitam de suportar o custo da taxa moderadora que varia entre 27€ e 30€ nos exames de RM.

Se o utente pretende realizar a RM do coração a título particular, o seu preço médio é de mais ou menos 300€, podendo este variar, pois o valor é fixado pela clínica de imagiologia que executa o exame. Note que o valor apresentado é apenas um valor indicativo da “ordem de grandeza” do custo do exame.

Veja onde fazer a RM cardíaca e mais informações sobre exames de imagiologia Portugal selecionado o seu concelho.

clinica_imagiologia.png